Logo ClickeAprenda
FIS

Feriados e tr√Ęnsito: uma combina√ß√£o ainda perigosa


Publicada em: 00/00/0000

Show da esquadrilha da fumaça em comemoração á independência do Brasil

Ano sim, ano n√£o, o calend√°rio brasileiro fica repleto de feriados prolongados. Aquelas pequenas folgas na rotina estressante do dia-a-dia que todos adoram. Dias √ļteis para colocar a casa em ordem ou simplesmente relaxar. E o segundo semestre √© sempre o mais cheio: 7 de setembro, 12 de outubro, 02 de novembro, 15 de novembro e finalmente, em dezembro, o natal.

Feriado prolongado √© sin√īnimo de estradas cheias

Na maioria das vezes, infelizmente, as pessoas nem param para pensar no significado destas datas. Algumas s√£o comemora√ß√Ķes c√≠vicas, outras s√£o religiosas. Mas, como para os brasileiros em geral, o importante √© a folga e n√£o motivo dela, o momento √© de arrumar as malas e colocar o p√© na estrada.

E √© justamente esse o tema desta coluna hoje: o aumento no n√ļmero de acidentes ocorridos nas estradas no √ļltimo feriad√£o. Antes de come√ßar as compara√ß√Ķes vale lembrar que em 2006 o feriado da independ√™ncia caiu numa quarta-feira, e por isso na estat√≠stica da pol√≠cia rodovi√°ria, o feriado deste ano teve um dia a menos de dura√ß√£o.

E justamente por ter menor dura√ß√£o, os dados s√£o t√£o preocupantes. Veja alguns n√ļmeros: nas rodovias federais foram registrados 1754 acidentes, com mais de mil feridos e cerca de 100 mortes. Minas Gerais foi o estado com o maior n√ļmero de acidentes, seguido por Santa Catarina e S√£o Paulo. Estes n√ļmeros deram a este feriado o posto de segundo mais violento no tr√Ęnsito, perdendo s√≥ para o carnaval!

Movimento no ped√°gio das estradas privatizadas

Em S√£o Paulo foram registrados 1222 acidentes nas rodovias estaduais, com mais de 800 feridos e 8 mortes. Lembre-se que as rodovias paulistas s√£o, na maior parte, privatizadas e por isso muito bem conservadas, ao contr√°rio do que ocorre em outros estados. Se as pistas s√£o boas, ent√£o a responsabilidade √© do motorista e sua imprud√™ncia. De fato, a maior parte dos acidentes s√£o provocados por excesso de velocidade e desrespeito √† sinaliza√ß√£o de tr√Ęnsito.

Isso pode ser comprovado, tamb√©m, atrav√©s do grande n√ļmero de ve√≠culos multados. S√≥ em SP foram mais de 11 mil multas. E por mais que se reclame da quantidade de radares nas rodovias, enquanto os motoristas n√£o se conscientizarem da import√Ęncia de obedecerem as regras do tr√Ęnsito, estes s√£o importantes para auxiliarem no controle destes n√ļmeros t√£o assustadores.

Programa de redução dos acidentes nas estradas, vamos aderir?

E já que neste segundo semestre os feriados estão generosos, nunca é demais recomendar um pouco mais de prudência nas estradas. Com um bom planejamento, é possível aproveitar bem a folga sem precisar correr riscos!