Logo ClickeAprenda
X

Sua assinatura expirou :(


Queremos continuar com você na sua aprendizagem,
escolha um plano de assinatura e aproveite todos os nossos recursos!

R$24,90 / mês

Mensal

R$21,90 / mês

Trimestral

R$19,90 / mês

Semestral

R$14,90 / mês

Anual

Ao finalizar o procedimento, você receberá um e-mail de confirmação da assinatura.
Importante! Não esqueça de utilizar o mesmo e-mail de login no Clickideia para efetuar o pagamento.
GEO

As consequências da destruição da natureza


Publicada em: 09/09/2008

O Banco Mundial, instituição que tem como objetivo financiar o desenvolvimento econômico e social dos países capitalistas. Finaciou uma pesquisa sobre as consequências da destruição do meio ambiente. Segundo essa pesquisa, as consequências da destruição que eram esperadas para daqui a 50 anos, já afetam a maioria da população mundial.


A pesquisa mostra que cerca de um quinto das doenças dos países em desenvolvimento podem ser atribuídas a problemas ambientais como falta de água potável e poluição do ar. A poluição do ar mata 800 mil pessoas anualmente. Além disso, o estudo afirma que os problemas ecológicos atingem principalmente os mais pobres e as crianças.

A pesquisa mostra que cerca de 117 milhões de crianças vivem na pobreza na América Latina e no Caribe, a maioria delas em áreas que carecem de infra-estrutura básica (água potável, rede de esgoto, coleta de lixo,etc.).

A pesquisa mostra, ainda, que cerca de 117 milhões de crianças vivem na pobreza na América Latina e no Caribe, a maioria delas em áreas que carecem de infra-estrutura básica (água potável, rede de esgoto, coleta de lixo,etc.). A falta dessa infra-estrutura aumenta a vulnerabilidade das crianças diante de doenças respiratórias e diarreias, que são as principais causas de mortalidade entre as crianças menores de cinco anos na América Latina.


Segundo o Banco Mundial existe um forte vínculo entre o meio ambiente e a saúde do ser humano. A maioria dos seres humanos ainda não compreendeu que a saúde e a vida da humanidade dependem da saúde do planeta. Só compreendendo essa ligação é que o homem perceberá a importância da conservação e proteção da natureza, um dos problemas mais importantes que a humanidade enfrentará nos próximos anos.

Mas a humanidade ainda não percebeu como é urgente a conservação e proteção da natureza. Isso põe em risco a existência de várias espécies e ecossistemas que são fundamentais na obtenção de remédios, alimentos, nutrientes, etc.

A maioria dos seres humanos ainda não compreendeu que a saúde e a vida da humanidade dependem da saúde do planeta. Esse é o problema mais importante que a humanidade enfrentará nos próximos anos, pois só compreendendo essa ligação que o homem perceberá a

Segundo essa mesma pesquisa, a importância da preservação do meio ambiente pode ser evidenciada pelo exemplo do que acontece com os ursos polares e os ursos negros. Essas espécies de animais em perigo de extinção, são capazes de hibernar entre três e sete meses por ano sem perder massa óssea.


O estudo e compreensão deste processo poderia ajudar a encontrar soluções de problemas como a osteoporose e disfunções renais, já que os ursos não urinam nem defecam durante os longos meses de hibernação.

É mais do que urgente que as formas de exploração da natureza sejam repensadas, que seja feita por meio de projetos de desenvolvimento sustentável. Para que possamos ter um meio ambiente saudável para as gerações presentes e futuras.