Logo ClickeAprenda
X

Sua assinatura expirou :(


Queremos continuar com você na sua aprendizagem,
escolha um plano de assinatura e aproveite todos os nossos recursos!

R$24,90 / mês

Mensal

R$21,90 / mês

Trimestral

R$19,90 / mês

Semestral

R$14,90 / mês

Anual

Ao finalizar o procedimento, você receberá um e-mail de confirmação da assinatura.
Importante! Não esqueça de utilizar o mesmo e-mail de login no Clickideia para efetuar o pagamento.
* Todos os planos tem a opção de pagamento de até 3x sem juros no cartão de crédito.
** A assinatura é renovada automaticamente, você pode cancelá-la através do PagSeguro ou enviando um e-mail para faleconosco@clickideia.com.br
Logo PagSeguro
QUI

Os males da maconha x cigarro


Publicada em: 16/02/2009

Todos sabem que tanto o cigarro quanto a maconha são drogas ingeridas por meio do fumo. O cigarro, que vem da Nicotiana tabacum e contém, dentre outros milhares de compostos, o alcaloide e a nicotina. Já a maconha vem da Cannabis sativa e também possui, dentre milhares de compostos, o THC.


Tanto a nicotina quanto o THC são substâncias psicoativas. No entanto, o THC pode ter um efeito alucinógeno e deturpar os sentidos do usuário. Por isso, transformou-se em uma droga ilícita, isto é, proibida de ser consumida e vendida. O cigarro, por sua vez, é uma droga lícita, mas vendida somente para maiores de 18 anos.


Existe uma imensa propaganda sobre aos males do cigarro, especialmente, sobre os efeitos nocivos que ele causa no pulmão e no coração. Mas não há propaganda dizendo que a maconha causa esses problemas.


Entretanto, recentemente pesquisadores da Nova Zelândia verificaram que a maconha é pior que o cigarro também nesse sentido. Eles viram que pessoas que consumiram, em um período de dez anos, um cigarro de maconha tiveram mais câncer do que as que consumiram cigarro comum. Acredita-se que o efeito nocivo de 1 cigarro de maconha seja equivalente a 20 de cigarros de tabaco.


Os participantes da pesquisa foram questionados sobre mais de 300 fatores que podem influenciar o surgimento do câncer, dentre eles: consumo de álcool e maconha, rotina de trabalho e histórico familiar.


Analisando os dados, os cientistas verificaram que o risco de desenvolver câncer de pulmão aumenta com o tempo de consumo de maconha.
Isso evidencia o que já tinha se descoberto anteriormente: que a fumaça da maconha tem uma mistura de produtos tóxicos similar à do tabaco. Mas agora sabe-se que o nível de substâncias cancerígenas na fumaça da maconha é duas vezes maior que na fumaça de tabaco.


O filtro do cigarro contribui também para minimizar o impacto dessas substâncias. Como a maconha é consumida sem filtro, a quantidade de compostos ingeridos é maior, já que o consumidor inala a fumaça mais profundamente e por mais tempo para sentir os efeitos da droga. Isso aumenta a quantidade de fumaça inalada e eleva em cerca de cinco vezes a concentração dos cancerígenos nos pulmões.

Por isso, se quiser ter uma vida saudável, não fume cigarro, muito menos maconha!

Todos sabem que tanto o cigarro quanto a maconha são drogas ingeridas por meio do fumo. O cigarro, que vem da Nicotiana tabacum e contém, dentre outros milhares de compostos, o alcaloide e a nicotina. Já a maconha vem da Cannabis sativa e também possui, dentre milhares de compostos, o THC.


Imagem

Todos sabem que o cigarro prejudica a saúde!

Tanto a nicotina quanto o THC são substâncias psicoativas. No entanto, o THC pode ter um efeito alucinógeno e deturpar os sentidos do usuário. Por isso, transformou-se em uma droga ilícita, isto é, proibida de ser consumida e vendida. O cigarro, por sua vez, é uma droga lícita, mas vendida somente para maiores de 18 anos.


Existe uma imensa propaganda sobre aos males do cigarro, especialmente, sobre os efeitos nocivos que ele causa no pulmão e no coração. Mas não há propaganda dizendo que a maconha causa esses problemas.


Imagem

A maconha faz mais mal para o pulmão que o cigarro.

Entretanto, recentemente pesquisadores da Nova Zelândia verificaram que a maconha é pior que o cigarro também nesse sentido. Eles viram que pessoas que consumiram, em um período de dez anos, um cigarro de maconha tiveram mais câncer do que as que consumiram cigarro comum. Acredita-se que o efeito nocivo de 1 cigarro de maconha seja equivalente a 20 de cigarros de tabaco.


Os participantes da pesquisa foram questionados sobre mais de 300 fatores que podem influenciar o surgimento do câncer, dentre eles: consumo de álcool e maconha, rotina de trabalho e histórico familiar.


Imagem

Ninguém deve fumar cigarro, muito menos maconha!

Analisando os dados, os cientistas verificaram que o risco de desenvolver câncer de pulmão aumenta com o tempo de consumo de maconha.
Isso evidencia o que já tinha se descoberto anteriormente: que a fumaça da maconha tem uma mistura de produtos tóxicos similar à do tabaco. Mas agora sabe-se que o nível de substâncias cancerígenas na fumaça da maconha é duas vezes maior que na fumaça de tabaco.


O filtro do cigarro contribui também para minimizar o impacto dessas substâncias. Como a maconha é consumida sem filtro, a quantidade de compostos ingeridos é maior, já que o consumidor inala a fumaça mais profundamente e por mais tempo para sentir os efeitos da droga. Isso aumenta a quantidade de fumaça inalada e eleva em cerca de cinco vezes a concentração dos cancerígenos nos pulmões.

Por isso, se quiser ter uma vida saudável, não fume cigarro, muito menos maconha!