Logo ClickeAprenda
HIS

Vatel e a lenda do chantilly


Publicada em: 16/03/2009

Você já ouviu falar em François Vatel?

Famoso na França do século XVII, Vatel foi um dos maiores chefs de seu tempo. Reza a lenda que ele foi o grande criador do creme chantilly, que hoje tanto gostamos de saborear. Tinha também o dom de transformar banquetes em verdadeiros espetáculos, porém, não foi pela faca de cozinha que ele entrou para a história Рmas sim por um punhal.

Quer saber por quê?

Vatel

Para entender a atitude de Vatel, √© preciso entrar no esp√≠rito da √©poca. Na Fran√ßa de 1600, a mesa dos banquetes era o lugar em que se tomavam decis√Ķes pol√≠ticas, rolavam as intrigas no corte e lan√ßava-se moda.

Por trás desse circo de vaidades, o cozinheiro reinava absoluto. Numa comparação com o Brasil, um bom chef seria tão popular quanto hoje é um escritor de novelas da televisão.

No ano de 1671, o rei francês Luis XIV foi passar um final de semana no castelo de Chantilly e foi recebido com muita suntuosidade e espetáculos belíssimos organizados por Vatel, que o encantou. O menu do banquete principal seria filé de linguado, anchovas, melão com presunto de Parma, lagosta com molho de camarão, pato ao molho de vinho madeira e, de sobremesa, bombas de morango.

Castelo de Chantilly

Vatel encomendou frutos do mar dos principais portos franceses. No entanto, justo naquele dia houve um atraso dos peixeiros. Vatel surtou ao ver que a encomenda não chegava, trancou-se no seu quarto e, desesperado, enterrou um punhal no coração. Quarenta e cinco minutos depois, os peixeiros bateram à porta do castelo com as encomendas.

A história, infelizmente, é cheia desses desencontros.




Redes Sociais

Conteúdos Especiais


Powered by CLICKIDEA