Logo ClickeAprenda
X

Sua assinatura expirou :(


Queremos continuar com você na sua aprendizagem,
escolha um plano de assinatura e aproveite todos os nossos recursos!

R$24,90 / mês

Mensal

R$21,90 / mês

Trimestral

R$19,90 / mês

Semestral

R$14,90 / mês

Anual

Ao finalizar o procedimento, você receberá um e-mail de confirmação da assinatura.
Importante! Não esqueça de utilizar o mesmo e-mail de login no Clickideia para efetuar o pagamento.
* Todos os planos tem a opção de pagamento de até 3x sem juros no cartão de crédito.
** A assinatura é renovada automaticamente, você pode cancelá-la através do PagSeguro ou enviando um e-mail para faleconosco@clickideia.com.br
Logo PagSeguro
GEO

O canto dos pássaros urbanos


Publicada em: 31/08/2009

É isso mesmo que você leu, ao pé da letra: os passarinhos urbanos, pelo menos os da Europa, estão cantando rap!

Um estudo publicado na revista científica Current Biology, por pesquisadores da Universidade de Leiden, na Holanda, fala sobre esse fenômeno.

A espécie de pássaro observada no estudo foi o Parus major, conhecido popularmente como chapim-real.

O chapim-real

Os pássaros machos cantam para demarcar seu território e também para atrair as fêmeas.
Agora considere as dificuldades de um pássaro que vive na cidade: são muitos barulhos, uma verdadeira confusão de sons. São trens, ônibus, carros, helicópteros ou aviões voando mais baixo, apitos de guardas de trânsito e tantos outros ruídos urbanos.

No meio disso tudo, é bem comum que não se consiga escutar o canto dos pássaros, não é mesmo?

Quem mora em grandes cidades sabe disso muito bem. Não é comum ouvirmos pássaros cantando no caminho do trabalho ou em qualquer outra situação.

Tudo bem que nossa vida tem menos graça sem o canto dos passarinhos, mas isso não seria por si só um motivo para que eles modificassem seu canto...

Mas e se os próprios passarinhos não se ouvissem mais? Pois é isso mesmo que está acontecendo, segundo os especialistas.

Se um pássaro não consegue ouvir o outro cantar, podem acontecer problemas. Brigas por territórios, por exemplo. Além disso, um pássaro que não é ouvido pode ficar sem parceira...

 

De acordo com os pesquisadores, pássaros urbanos precisam competir com muitos ruídos enquanto cantam, o que pode muito bem influenciar a eficácia de seus sinais acústicos.

Assim, eles precisaram se adaptar para aumentar suas chances de encontrar uma parceira em meio a tanto barulho.

Os pesquisadores observaram os chapim-reais em dez grandes cidades europeias, comparando seu canto com os passarinhos de mesma espécie que vivem em florestas.

A partir daí, perceberam que os passarinhos adaptados nas cidades cantam canções mais curtas, mais rápidas e mais agudas que seus colegas que ficaram nas matas, por isso a alusão ao rap.

Os chapins da cidade tendem a cantar de forma pouco comum, utilizando apenas uma nota ou combinações de cinco ou mais notas. Já os chapins das matas continuam cantando como sempre cantaram, executando combinações de duas, três e quatro notas. A pesquisa faz até referência a um chapim da mata que chegou a cantar uma canção de dezesseis notas!

A pesquisa afirma ainda que a adaptação do chapim-real às condições de ruído locais não é um fenômeno localizado, mas ocorre por toda a Europa e provavelmente em todas as áreas urbanas.

Este é um é um belo exemplo da transformação da natureza pela interferência do homem.

Até a próxima semana!