Logo ClickeAprenda
EFI

Má alimentação pode matar


Publicada em: 01/02/2010

 

Antigamente, a principal preocupa√ß√£o com rela√ß√£o √† sa√ļde das pessoas tinha liga√ß√£o com as m√°s condi√ß√Ķes de vida, como pobreza e falta de saneamento b√°sico. Por√©m, hoje em dia, vem crescendo a preocupa√ß√£o com o stress, o sedentarismo e o excesso de gordura no card√°pio alimentar di√°rio. E isso n√£o apenas nas fam√≠lias de classe m√©dia alta, mas tamb√©m nas de classes mais baixas.

 

As doenças relacionadas ao coração têm aumentado muito, devido ao estilo de vida adotado pelos brasileiros. Até isso importamos dos Estados Unidos: a má alimentação.

Os almo√ßos caseiros sa√≠ram de cena para dar lugar √†s refei√ß√Ķes desbalanceadas, engolidas √†s pressas nos balc√Ķes de lanchonetes. Este √© o principal motivo para o aumento no n√ļmero de pessoas infartadas no Brasil.

E n√£o pensem que s√£o apenas os homens que s√£o vitimas de doen√ßas card√≠acas: o n√ļmero de mulheres que enfartam aumentou.

 

Um bom estilo de vida, que mantém este problema longe de nós, envolve uma alimentação equilibrada, nada de cigarro, tensão controlada e exercícios físicos pelo menos três vezes por semana.

A verdade é que a receita para a prevenção todo mundo sabe. O que pouquíssimas pessoas parecem entender, é que ela deve ser aplicada desde cedo e não apenas depois que o organismo dá sinais de que não vai bem.




Redes Sociais

Conteúdos Especiais


Powered by CLICKIDEA