Logo ClickeAprenda
CIE

Boi org√Ęnico


Publicada em: 19/12/2011

A ecologia está mesmo fazendo parte de nossa alimentação! Aqui no portal, é possível você entender sobre como a alimentação orgânica é saudável. Hoje nós vamos falar do boi orgânico!
Apesar de a expressão parecer estranha, não são apenas os vegetais cultivados sem o uso de substâncias químicas (que agridem nossa saúde e a saúde do meio ambiente) que são orgânicos. Você já parou para pensar o que come o boi criado para suprir nossa alimentação? Já pensou em como esse boi é criado? É aí que entra o "orgânico" na história...

 

boi orgânico é criado em sistemas agroecológicos. Os sistemas agroecológicos adotam pastos para a criação do boi ao invés do confinamento, em que se coloca um grande número de animais em pequenas áreas. Os pastos são cultivados sem agrotóxicos e sem adubação química. A adubação do pasto é feita com esterco dos próprios animais.

A forma de cuidar da saúde do animal também é diferente dos sistemas convencionais de criação do gado. A qualidade de vida do animal tem profunda relação com a possibilidade de o animal adoecer. Um animal que é confinado com grande concentração de indivíduos, espaço limitado para locomoção e sem possibilidade de expressar seus modos naturais de comportamento fica profundamente perturbado, sujeito a manifestações de estresse. Como qualquer indivíduo nessas condições, os animais ficam mais propensos a doenças. Por isso, a prevenção de doenças é bastante enfatizada neste método de criação.

No caso do boi orgânico, ao contrário dos convencionais, quando o gado fica doente ele é tratado com medicamentos homeopáticos. Até mesmo para combater moscas e parasitas (vermes e carrapatos) utiliza-se a homeopatia. Nenhum antibiótico ou outro tipo de remédio é permitido, já que podem ter substâncias agressivas e que produzem vários efeitos colaterais. Apenas a vacinação contra febre aftosa é feita, pois é obrigatória por lei. Hormônios promotores de crescimento também não são permitidos. Os medicamentos convencionais são tolerados apenas em situações muito especiais. Além de tudo isso, também faz parte do sistema agroecológico definir áreas de criação do gado de acordo com normas ambientais.

 

 

Agora muita atenção: hoje em dia, fala-se muito do boi verde. Você já ouviu esse nome?

O boi verde, apesar de também ser criado em pasto, tem algumas diferenças em relação ao boi orgânico. O uso de adubos sintéticos, de antibióticos e medicamentos alopáticos é permitido. A suplementação alimentar é feita através de plantas (milho e cana-de-açúcar), cultivadas em sistemas convencionais de produção, ou seja, com agrotóxicos e adubos artificiais. Portanto, a carne desse boi não é tão saudável, pois o método que se usa para criá-lo agride bastante o meio ambiente e a saúde do animal.

Agora que você já sabe de tudo isso, pode incentivar seus pais a procurarem mercados de venda da carne orgânica. Além da carne bovina, frango e suínos também têm sido criados organicamente em muitos lugares no Brasil.

Você não gosta de carne? Não se preocupe, dê só uma olhada na lista de produtos orgânicos abaixo. Em todos os estados brasileiros a produção orgânica está crescendo muito. Você só precisa se informar se há produtores na sua cidade ou na cidade mais próxima, e onde você pode comprar produtos de origem orgânica. O site www.planetaorganico.com.br tem informações sobre produtores e vendedores de todos os estados. Faça uma pesquisa!


LISTA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS PRODUZIDOS NO BRASIL 

Frutas: maracujá, coco verde, caju, banana, laranja, caqui e melão.
Verduras e legumes: hortaliças, agrião, alface, beterraba, cenoura, espinafre, almeirão, tomatinho cereja, rúcula, taioba, pimentão, brócolis, couve-flor, couve, cebolinha, salsa, quiabo, abóbora, beringela, jiló.
Grãos: soja, milho, feijão, café.
Hortifrutigranjeiros: leite, manteiga, queijo, ovos.
Cereais e derivados de trigo, farináceos, temperos.
Arroz branco e arroz integral.
Semente de girassol.
Ervas medicinais.
Suplementos (vitaminas e sais minerais).

Carnes: frango, carne bovina e suína.
Bebidas:
 chá, vinho, cachaça, cerveja.
Produtos:
 doces, açúcar branco, açúcar mascavo, mel, biscoitos, pães, geleias, sucos, guaraná, molho e polpa de tomate, macarrão, azeite de oliva, vinagre.
Cosméticos:
shampoos, condicionadores, sais e óleos de banho, sabonetes, loção corporal.

A ecologia está mesmo fazendo parte de nossa alimentação! Aqui no portal, é possível você entender sobre como a alimentação orgânica é saudável. Hoje nós vamos falar do boi orgânico!
Apesar de a expressão parecer estranha, não são apenas os vegetais cultivados sem o uso de substâncias químicas (que agridem nossa saúde e a saúde do meio ambiente) que são orgânicos. Você já parou para pensar o que come o boi criado para suprir nossa alimentação? Já pensou em como esse boi é criado? É aí que entra o "orgânico" na história...

 

boi orgânico é criado em sistemas agroecológicos. Os sistemas agroecológicos adotam pastos para a criação do boi ao invés do confinamento, em que se coloca um grande número de animais em pequenas áreas. Os pastos são cultivados sem agrotóxicos e sem adubação química. A adubação do pasto é feita com esterco dos próprios animais.

A forma de cuidar da saúde do animal também é diferente dos sistemas convencionais de criação do gado. A qualidade de vida do animal tem profunda relação com a possibilidade de o animal adoecer. Um animal que é confinado com grande concentração de indivíduos, espaço limitado para locomoção e sem possibilidade de expressar seus modos naturais de comportamento fica profundamente perturbado, sujeito a manifestações de estresse. Como qualquer indivíduo nessas condições, os animais ficam mais propensos a doenças. Por isso, a prevenção de doenças é bastante enfatizada neste método de criação.

No caso do boi orgânico, ao contrário dos convencionais, quando o gado fica doente ele é tratado com medicamentos homeopáticos. Até mesmo para combater moscas e parasitas (vermes e carrapatos) utiliza-se a homeopatia. Nenhum antibiótico ou outro tipo de remédio é permitido, já que podem ter substâncias agressivas e que produzem vários efeitos colaterais. Apenas a vacinação contra febre aftosa é feita, pois é obrigatória por lei. Hormônios promotores de crescimento também não são permitidos. Os medicamentos convencionais são tolerados apenas em situações muito especiais. Além de tudo isso, também faz parte do sistema agroecológico definir áreas de criação do gado de acordo com normas ambientais.

 

 

Agora muita atenção: hoje em dia, fala-se muito do boi verde. Você já ouviu esse nome?

O boi verde, apesar de também ser criado em pasto, tem algumas diferenças em relação ao boi orgânico. O uso de adubos sintéticos, de antibióticos e medicamentos alopáticos é permitido. A suplementação alimentar é feita através de plantas (milho e cana-de-açúcar), cultivadas em sistemas convencionais de produção, ou seja, com agrotóxicos e adubos artificiais. Portanto, a carne desse boi não é tão saudável, pois o método que se usa para criá-lo agride bastante o meio ambiente e a saúde do animal.

Agora que você já sabe de tudo isso, pode incentivar seus pais a procurarem mercados de venda da carne orgânica. Além da carne bovina, frango e suínos também têm sido criados organicamente em muitos lugares no Brasil.

Você não gosta de carne? Não se preocupe, dê só uma olhada na lista de produtos orgânicos abaixo. Em todos os estados brasileiros a produção orgânica está crescendo muito. Você só precisa se informar se há produtores na sua cidade ou na cidade mais próxima, e onde você pode comprar produtos de origem orgânica. O site www.planetaorganico.com.br tem informações sobre produtores e vendedores de todos os estados. Faça uma pesquisa!


Org√Ęnicos ou n√£o, d√™ prefer√™ncia aos alimentos naturais

LISTA DE ALIMENTOS ORGÂNICOS PRODUZIDOS NO BRASIL 

Frutas: maracujá, coco verde, caju, banana, laranja, caqui e melão.
Verduras e legumes: hortaliças, agrião, alface, beterraba, cenoura, espinafre, almeirão, tomatinho cereja, rúcula, taioba, pimentão, brócolis, couve-flor, couve, cebolinha, salsa, quiabo, abóbora, beringela, jiló.
Grãos: soja, milho, feijão, café.
Hortifrutigranjeiros: leite, manteiga, queijo, ovos.
Cereais e derivados de trigo, farináceos, temperos.
Arroz branco e arroz integral.
Semente de girassol.
Ervas medicinais.
Suplementos (vitaminas e sais minerais).

Carnes: frango, carne bovina e suína.
Bebidas:
 chá, vinho, cachaça, cerveja.
Produtos:
 doces, açúcar branco, açúcar mascavo, mel, biscoitos, pães, geleias, sucos, guaraná, molho e polpa de tomate, macarrão, azeite de oliva, vinagre.
Cosméticos:
shampoos, condicionadores, sais e óleos de banho, sabonetes, loção corporal.




Redes Sociais

Conteúdos Especiais


Powered by CLICKIDEA