Logo ClickeAprenda
X

Sua assinatura expirou :(


Queremos continuar com você na sua aprendizagem,
escolha um plano de assinatura e aproveite todos os nossos recursos!

R$24,90 / mês

Mensal

R$21,90 / mês

Trimestral

R$19,90 / mês

Semestral

R$14,90 / mês

Anual

Ao finalizar o procedimento, você receberá um e-mail de confirmação da assinatura.
Importante! Não esqueça de utilizar o mesmo e-mail de login no Clickideia para efetuar o pagamento.
* Todos os planos tem a opção de pagamento de até 3x sem juros no cartão de crédito.
** A assinatura é renovada automaticamente, você pode cancelá-la através do PagSeguro ou enviando um e-mail para faleconosco@clickideia.com.br
Logo PagSeguro
QUI

O rio que ficou vermelho


Publicada em: 24/09/2012

Literalmente, de um dia para outro, um trecho longo do maior rio chinês, que normalmente tem a cor marrom-amarelada, ficou completamente vermelho. Isso ocorreu recentemente, na cidade de Chongqing com o rio Yangtzé.


O pior é que não há ainda uma explicação plausível para o fenômeno - mas suposições não faltam. Algumas pessoas acreditam que a alteração na cor tenha sido causada por corantes industriais que foram indevidamente derramados no rio. Também dizem que são outros tipos de poluentes, e há ainda quem afirme que se trata de um fenômeno natural.

Quando há chuvas fortes, aumenta-se muito o volume de água e o rio acaba inundando a cidade. Isso já indica que há muitos sedimentos, naturais ou não, no fundo do rio. Então, a causa poderia até ser natural, inclusive, especialistas afirmam que se trata da maré vermelha, um fenômeno que é causado no mar, por microrganismos. 


Esse fenômeno foi mais pronunciado no trecho citado (veja as fotos), mas ocorreu em outros pontos ao longo do rio. No final do ano passado, houve um rio chinês que ficou vermelho. Mas, neste caso, descobriu-se que a cor havia sido causada por um corante que foi lançado sem os devidos cuidados.


Até alguns dias, as autoridades diziam que não havia substâncias tóxicas na água e que ela poderia ser consumida, sendo que a mudança de cor não foi causada pela poluição industrial, mas sim por causa dos sedimentos e minerais que foram trazidos pela correnteza. No entanto, a população não se convenceu da explicação, principalmente porque viram muitos peixes e outros seres mortos, o que indica que houve a poluição do rio ou um grave desequilíbrio ecológico. 


Outro fato que estaria contra a divulgação das autoridades é que a mudança foi muito brusca, de um dia para outro. Também foram feitas análises que indicaram que havia metais pesados, além do ferro e do manganês, o que indica poluição.

Há também explicações não científicas de que a cor seja devido a um presságio de que a região passará por maus bocados ou de que essa seja uma praga bíblica por causa das controvérsias políticas que ocorrem na China. 


O fato é que o rio necessita de cuidados e que é imprescindível não tentar mascarar o problema, e fazer muitos testes para ver o que aconteceu. De qualquer forma, antes de uma explicação oficial, é interessante que a população fique longe das águas do rio, o que é difícil, já que muitos dependem dele.

No passado, muitos outros rios, não só chineses, mas de várias partes do mundo, foram poluídos. E a população continuou a ingerir água e peixes do rio. Isso já causou inúmeros problemas - no Japão, por exemplo, centenas de pessoas foram diagnosticadas com o que ficou conhecido como a "doença de Minamata", proporcionada pela ingestão de água contaminada com mercúrio. 

Literalmente, de um dia para outro, um trecho longo do maior rio chinês, que normalmente tem a cor marrom-amarelada, ficou completamente vermelho. Isso ocorreu recentemente, na cidade de Chongqing com o rio Yangtzé.


O pior é que não há ainda uma explicação plausível para o fenômeno - mas suposições não faltam. Algumas pessoas acreditam que a alteração na cor tenha sido causada por corantes industriais que foram indevidamente derramados no rio. Também dizem que são outros tipos de poluentes, e há ainda quem afirme que se trata de um fenômeno natural.

Quando há chuvas fortes, aumenta-se muito o volume de água e o rio acaba inundando a cidade. Isso já indica que há muitos sedimentos, naturais ou não, no fundo do rio. Então, a causa poderia até ser natural, inclusive, especialistas afirmam que se trata da maré vermelha, um fenômeno que é causado no mar, por microrganismos. 


Esse fenômeno foi mais pronunciado no trecho citado (veja as fotos), mas ocorreu em outros pontos ao longo do rio. No final do ano passado, houve um rio chinês que ficou vermelho. Mas, neste caso, descobriu-se que a cor havia sido causada por um corante que foi lançado sem os devidos cuidados.


Imagem

De um dia para o outro o rio ficou assim

Até alguns dias, as autoridades diziam que não havia substâncias tóxicas na água e que ela poderia ser consumida, sendo que a mudança de cor não foi causada pela poluição industrial, mas sim por causa dos sedimentos e minerais que foram trazidos pela correnteza. No entanto, a população não se convenceu da explicação, principalmente porque viram muitos peixes e outros seres mortos, o que indica que houve a poluição do rio ou um grave desequilíbrio ecológico. 


Outro fato que estaria contra a divulgação das autoridades é que a mudança foi muito brusca, de um dia para outro. Também foram feitas análises que indicaram que havia metais pesados, além do ferro e do manganês, o que indica poluição.

Há também explicações não científicas de que a cor seja devido a um presságio de que a região passará por maus bocados ou de que essa seja uma praga bíblica por causa das controvérsias políticas que ocorrem na China. 


Imagem

Moradores coletam amostras da água sem quaisquer precauções. Isso é muito perigoso!

O fato é que o rio necessita de cuidados e que é imprescindível não tentar mascarar o problema, e fazer muitos testes para ver o que aconteceu. De qualquer forma, antes de uma explicação oficial, é interessante que a população fique longe das águas do rio, o que é difícil, já que muitos dependem dele.

No passado, muitos outros rios, não só chineses, mas de várias partes do mundo, foram poluídos. E a população continuou a ingerir água e peixes do rio. Isso já causou inúmeros problemas - no Japão, por exemplo, centenas de pessoas foram diagnosticadas com o que ficou conhecido como a "doença de Minamata", proporcionada pela ingestão de água contaminada com mercúrio.